Os cookies ajudam-nos a prestar os nossos serviços e a melhorar este website, identificando as formas como este website é utilizado. Ao utilizar os nossos serviços ou continuando a navegar neste website, está a concordar com a utilização que fazemos dos cookies. OK Saber mais.

Search form

Alecrim

Nome científico: Rosmarinus officinalis

O Alecrim é originário da região mediterrânica, onde cresce sem ser semeado, mesmo nos dias de hoje.

O alecrim gosta de sol, mas não de muita água. Quanto mais intenso for o sol, melhor o seu aroma.

O alecrim é uma planta perene que não resiste ao gelo. As suas folhas são estreitas, verde azulada e cheiram a resina, assemelhando-se um pouco às agulhas de pinheiro. As flores do alecrim são lilases. O sabor e aroma são influenciados pelos seus óleos essenciais, tanino, substâncias acres, resinas, pigmentos flavonóides e saponinas.

Segundo a mitologia O alecrim era considerado uma erva sagrada pelos antigos egípcios, gregos e romanos. Era um símbolo de fidelidade capaz de melhorar a memória e, desse modo, simbolizava a estabilidade dos amantes. Na Grécia antiga, os estudantes usavam coroas de alecrim para os ajudar na sua capacidade de aprendizagem. Dizia-se também que o alecrim afastava os fantasmas. Era queimado no quarto dos doentes para purificar o ar. Durante a peste, as pessoas usavam saquinhos à volta do pescoço para repelir a doença.

Produto

Glossário

Pesquise os termos culinários de A-Z.

Conselhos e medidas

Use as nossas medidas como conversor de medidas.

Quantidades